29 maio, 2009

... segue ...

o que fica e não se perde com o tempo e o que se esquece
o que poderia ter sido diferente e o que nunca mudou
o que nunca esperamos e sempre acontece
o que está perto e o que está longe
palavras que não foram ditas
lugares que não visitamos
encontros que viraram desencontros
verdades não declaradas
_tão perto da boca, tão emudecidas de medo_
outros caminhos, outros momentos
o que poderia. o que não é
o que não se perde na memória
o que agita o desejo
o que atormenta
o que tira o sono e arranca a lágrima
o que é bonito
o que é pequeno
o que fica onde em nós é mais
o que é sonho
tudo o que somos e o que não fomos
lacunas. curiosidade. reticências.
somos as dores do que não experimentamos
somos atores e vamos levando
somos caminho e nunca chegança

4 comentários:

laura disse...

Somos mesmo só andanças.
Te amo.

Dessa disse...

somos as dores do que não experimentamos
somos atores e vamos levando
somos caminho e nunca chegança


putz... curti mto isso...
parabéns

marano disse...

muitas possibilidades ...

Renato Negrão disse...

nossa, eu precisava ler isso, que lindo tati! um beijo do